Passar para a navegação primária Passar para o conteúdo Passar para o rodapé
Regressar a BLOG

Guia essencial das melhores sopas portuguesas - Parte 1: sopas vegetarianas

a bowl of soup

 

A comida de conforto pode ser apreciada durante todo o ano, mas se há uma estação que pede pratos quentes e aconchegantes, é o inverno. Cá em Portugal adoramos deliciar-nos com estufados e comidas que aquecem o coração, e que costumam ser algo pesadas. Mas, às vezes, um bom prato de sopa é o suficiente para satisfazer a fome e invocar uma sensação de calma no espírito. 

Quando quem nos visita come por Portugal fora, é fácil chegar à conclusão de que a nossa dieta não inclui muitos vegetais. Isso não é bem verdade. Não só porque a comida de restaurante nem sempre é uma representação completa dos hábitos alimentares portugueses em casa, mas também porque uma grande parte do nosso consumo de vegetais é feito em forma de sopa.

Embora a maioria das sopas sejam consumidas como entrada antes do prato principal, algumas das sopas mais apreciadas por Portugal são tão ricas e substanciais que quase poderiam ser classificadas como um guisado e, portanto, facilmente constituem uma refeição principal e completa.

Estas são as sopas portuguesas mais típicas, que dividimos nas categorias vegetarianas e não vegetarianas para melhor referência.

 

SOPAS VEGETARIANAS PORTUGUESAS

 

SOPA DE LEGUMES

a bowl of food on a plate

 

Mais do que uma sopa, esta é uma categoria de sopas. Sopa de legumes pode teoricamente significar muitas coisas. Mas sabemos que, se nenhum vegetal específico for destacado, a combinação mais comum inclui batata, cebola, cenoura e hortaliça da estação, aromatizados com alho, sal, pimenta e azeite. Sopa de legumes costuma ser uma sopa triturada, às vezes incluindo um dos ingredientes como a hortaliça adicionado no final, para dar um pouco de textura. Algumas das verduras mais comuns incluem feijão verde, nabiças e agrião.

Variações das sopas de vegetais mais comuns incluem também combinações como grão de bico com espinafres, como na foto acima, e sopa de tomate com ovos escalfados, típica da região do Alentejo.

Estas são as sopas mais comuns que vai encontrar como sopa do dia nos menus dos restaurantes que variam a sua oferta durante os dias da semana.

 

 

CALDO VERDE

a bowl of soup

 

Esta é, sem dúvida, a sopa mais apreciada em Portugal e que tem vindo a desenvolver uma reputação internacional. As origens do Caldo Verde são humildes, remontando ao século XV. Trata-se de uma receita bastante simples que inclui uma base triturada de batata e cebola, com couve galega em juliana muito fina. Tradicionalmente, o caldo verde é consumido em tigelas de barro, e servido com uma rodela de chouriço, um fiozinho de azeite e uma fatia de broa de milho.

Esta sopa é tão relevante no âmbito da cultura gastronómica nacional, que foi eleita pelos portugueses como uma das 7 Maravilhas da Gastronomia Portuguesa!

 

GASPACHO ALENTEJANO

a close up of a bowl of soup

 

O gaspacho português não deve ser confundido com o gaspacho espanhol. Ambas são sopas frias, mas a versão portuguesa não é líquida como o popular gazpacho espanhol que pode até ser servido em copos. O gaspacho português é uma das sopas típicas do Alentejo, e é preparado com uma variedade de vegetais frescos cortados em pequenos pedaços.

Falamos de tomates maduros, pimentos e pepino, numa mistura aromatizada com alho, azeite, vinagre e ervas frescas. A consistência de sopa deste prato é dada pela adição de água muito fria, engrossada com pão duro. Refrescante, cheio de textura e uma opção ideal para combater o calor sufocante do Alentejo no verão!

 

 

AÇORDA ALENTEJANA

a bowl of food on a plate

A palavra sopa tem origem no termo germânico suppa, que significa “fatia de pão embebida em líquido”. A pensar na origem do conceito de sopa, a açorda alentejana é provavelmente a receita portuguesa mais fiel a esta definição original.

As receitas da açorda podem ser completadas com toppings variados, desde ovos escalfados a peixe. Já o caldo de base que se serve sobre as fatias de pão Alentejano costuma ser o semelhante, preparado com alho, coentros, azeite e temperos simples.

Açorda é comida simples e caseira no seu melhor, e uma daquelas receitas que também pode fazer facilmente em casa – Siga a receita:

Açorda alentejana com ovos escalfados

Ingredientes para 4 pessoas:

1 molho grande de coentros (ou uma mistura de coentros e poejo)

3 dentes de alho

4 colheres de sopa de azeite

1 colher de sopa de sal

1.5 L água a ferver

4 a 8 fatias de pão (de preferência, pão Alentejano)

4 ovos

Preparação:

Esmague os coentros, o alho, o azeite e o sal com um almofariz, ou muito brevemente se usar um processador elétrico. Coloque esta mistura dentro de uma tigela, adicione o azeite e a água a ferver, para fazer assim um caldo. Coloque as fatias de pão nos pratos de sopa, regue com o caldo e sirva com um ovo escalfado por cima de cada porção individual. A beleza da simplicidade!

 

Mantenha-se reconfortado, coma sopas todo o ano!

Se preparar algum dos pratos acima em sua casa, partilhe a sua foto conosco no Facebook ou Instagram. Tague-nos @tasteoflisboa #tasteoflisboa

 

Para aprender mais, clique no GUIA ESSENCIAL DAS MELHORES SOPAS PORTUGUESAS – PARTE 2: SOPAS COM CARNE OU PEIXE  (com mais receitas bónus incluídas).

 

Descubra outras receitas fáceis no nosso blog:

Receitas Portuguesas com Conservas

Amêijoas à Bulhão Pato – A Receita Portuguesa para Amêijoas

Receitas do Melhor Bolo de Chocolate do Mundo

 

Continue a alimentar a sua curiosidade pela cultura gastronómica portuguesa:

10 formas de se sentir como um lisboeta

Santo António ou São Vicente: quem é afinal o padroeiro de Lisboa?

O prato nacional de Portugal (não é bacalhau…)

 

Pessoas autênticas, comida autêntica. Venha connosco, onde os portugueses e lisboetas vão! 

Reserve o seu lugar na nossa próxima experiência gastronómica & cultural.

Siga-nos para mais em Instagram, Twitter e Youtube

 

Skip to toolbar