TASTE OF LISBOA
real people, real food

BLOG

Foi em Portugal, onde está há 15 anos, que Ali descobriu o talento para a cozinha. Trabalhou durante algum tempo num restaurante na Avenida da Liberdade e garante que as suas quiches de vegetais faziam sucesso. Por agora trabalha na mercearia Ali, mesmo em frente à Igreja de S. Cristóvão, e perante a pergunta ‘O que mais gosta de Portugal’ não tem dúvidas a responder: a simpatia das pessoas.

Apesar de ter nascido no Paquistão, Ali sempre teve curiosidade de conhecer o continente europeu e a descoberta começou pela Alemanha...

Trocaram Tomar pela Mouraria e juntos desenvolvem várias atividades na Mouraria, a zona que escolheram para viver. Ela tem uma loja de origami, a Mãos à Dobra, no Largo dos Trigueiros e descobriu a paixão pelo fado. Ele adora jogos de tabuleiro e descobriu uma veia associativa.

Quem entra na Mouraria pelas Escadinhas de S. Cristóvão não consegue ficar indiferente ao mural numa das paredes e onde não faltam as referências ao fado, a figuras características da zona e onde até o padre Edgar está presente...

Viveu em 3 continentes, outras tantas cidades, mas bastaram três dias em Lisboa para se apaixonar pela cidade. Natural do Irão, Karolyn ficou encantada com a luz e a calma lisboetas, trocou o Chiado pela Mouraria e já não dispensa um carioca de café pingado pela manhã. “Se não beber sinto que falta algo no meu dia”.

Karolyn tinha 12 anos quando teve a certeza que queria sair do Irão rumo aos Estados Unidos, onde tinha familiares...

TOP