Passar para a navegação primária Passar para o conteúdo Passar para o rodapé
Regressar a BLOG

O que saber antes de chegar: dicas práticas e informações úteis para a sua viagem a Lisboa

tram 28

 

Antes de chegar a uma nova cidade é normal termos vontade de aprender mais sobre as suas tradições, história, idioma ou cultura. No entanto, às vezes o que realmente precisamos são de dicas e informações práticas simples, mas essenciais. A que horas os restaurantes costumam servir comida? Qual é a forma mais barata de chegar do aeroporto? Quais os esquemas que devo evitar? Quais as apps que devo descarregar antes de chegar? 

Bem, é aqui que nós podemos ajudar! Compilamos uma lista de informações e dicas que podem ajudar os viajantes a aproveitar Lisboa sem ter que gastar horas preciosas com pormenores de logística.

 

Antes de chegar: sites e apps úteis

a group of people posing for the camera

Citymapper

Esta aplicação é uma boa forma de se familiarizar com os transportes em Lisboa. Fornecer informação não apenas sobre quais autocarros e comboios a apanhar, mas também sobre as estações de bicicletas da Gira e empresas de partilha de viagens, como a Uber

Gira

Se quer andar de bicicleta por Lisboa, a Gira está a tornar-se uma opção cada vez melhor. O número de estações de bicicleta não pára de crescer, os preços (2€ por dia) são muito apelativos, e agora há a opção de utilizar bicicletas normais ou eléctricas (muito úteis nas colinas de Lisboa). Precisará de descarregar a app para usar este serviço, e pode usar o Paypal para comprar o seu passe diário. 

CP

Se pretende apanhar um comboio para Évora, Porto ou Coimbra, por exemplo, utilize o site da CP para consultar os horários e comprar os seus bilhetes. Existem descontos se comprar os seus bilhetes com mais de 5 dias de antecedência ou se viajar num grupo de 3 ou 4 pessoas (terças, quartas e quintas-feiras). 

Rede Expressos

Infelizmente, grande parte de Portugal não é acessível por comboio. A Rede Expressos é a maior empresa de autocarros em Portugal, e tem um bom site, onde pode comprar os seus bilhetes e por vezes conseguir preços melhores.

 

Chegar a Lisboa

a large sign above the front of a building

 

Apanhar um táxi em Lisboa é simples e os motoristas de táxi geralmente são honestos. Os motoristas de táxi de aeroporto, no entanto, são um tipo totalmente diferente de taxistas. São comuns as histórias de pessoas levadas a passear (literalmente) pela cidade e até atravessar o rio, antes de chegar ao hotel, assim como as denúncias feitas à polícia do aeroporto. Se quiser apanhar um táxi no aeroporto, um truque comum para evitar ser enganado é não apanhar um táxi na saída de Chegadas, mas em vez disso, dirigir-se à saída de Partidas, onde os taxistas normais e honestos deixam os seus clientes, e apanhar um táxi lá. 

No entanto, nos últimos tempos chegaram mais opções: 

Metro

Pode demorar mais tempo a chegar ao seu alojamento, mas é a opção mais económica (1.5€) e é bastante confortável. 

Autocarro

Também 1.5€. Os autocarros 744 e 783 são particularmente bons se ficar nas zonas da Baixa, Avenida da Liberdade, Marquês de Pombal ou na zona do Saldanha. O Aerobus Shuttle do Aeroporto de Lisboa segue mais ou menos a mesma rota do 783, mas é mais caro (4€). 

 

Mover-se

a hand holding a sign

Passes de viagem

No aeroporto pode adquirir o cartão Viva Viagem, que pode ser carregado com um passe diário – para autocarros e metro em Lisboa (6.4€), e incluindo também linhas de comboio suburbano (10.6€). Pode também simplesmente recarregar o seu Cartão Viva Viagem com dinheiro, que será descontado a cada viagem – o Zapping. 

Se pretende utilizar muitos transportes públicos e visitar atracções famosas e museus, o Lisboa Card pode ser uma opção para si. Custa 20 € por 24h, 34 € por 36h e 42 € por 72h. Para além de lhe permitir viajar em qualquer autocarro, comboio e metro da zona metropolitana de Lisboa (exceto os autocarros turísticos), permite-lhe o acesso gratuito a muitos museus (como o Museu do Azulejo) e atracções (como a Torre de Belém, Mosteiro dos Jerónimos, e muitos outros – 35 no total). Dá-lhe ainda descontos em outras atracções como o Oceanário (15% de desconto), o Museu Calouste Gulbenkian (20%) ou mesmo o ultra famoso Palácio da Pena, em Sintra (10%). 

Elétrico 28

A linha de elétrico mais famosa de Lisboa é uma atração em si mesma, e se tiver um Lisboa Card ou um Day Pass, a viagem é gratuita. Lembre-se de que é um transporte público usado por habitantes locais, então ceda o seu lugar aos idosos, se necessário, e seja paciente. Uma boa dica para evitar filas longas (principalmente no verão) é pegar o elétrico não no Martim Moniz, mas na outra ponta da linha, perto do Cemitério dos Prazeres, onde há menos turistas à espera de experienciar “a mais bela linha de elétrico da Europa”. E enquanto estiver pelos lados de Campo de Ourique, sem dúvida um dos nossos bairros lisboetas preferidos, não se esqueça que o nosso Passeio, Mercado, Gastronomia e Cultura de Lisboa também se realiza por lá!

Bicicletas Gira

Se quiser exercitar-se enquanto faz turismo, pode ser uma boa ideia dar uma vista de olhos ao sistema de partilha de bicicletas de Lisboa. Por 2€ por dia, é um bom achado e especialmente bom para explorar a margem do rio.

 

Dinheiro

a parking meter sitting on the side of a building

 

As caixas eletrónicas mais comuns são chamadas de Multibanco e estão em todo o lado na cidade. Existem outras, marcadas como ATM ou Euronet, mas geralmente são consideradas menos seguras e fiáveis.

Vale a pena ter dinheiro sempre consigo, pois muitos cafés, pastelarias e até alguns restaurantes não aceitam cartões. Quando se trata de cartões, Visa é preferível a American Express ou outros. 

 

Segurança

a group of people sitting at a train station

 

Lisboa é bastante segura, mas há algumas coisas que deve ter presentes. Cuidado com os carteiristas, especialmente na área da Baixa e dentro do elétrico 28.

Além disso, tome cuidado com os jovens que vendem “erva” na Baixa. Se cair na esparrela, logo verá que a erva que recebeu só será útil para temperar comida…

 

Onde deixar a bagagem

a sign in front of a refrigerator

 

Existem algumas empresas que oferecem espaço para guardar a bagagem no centro de Lisboa. A City Lockers tem cacifos no Rossio, na Praça da Figueira e no Martim Moniz (todos na Baixa) com preços a partir de 2€ por hora. 

A Drop and Lock oferece armazenamento de bagagem na estação de comboios e metro de Santa Apolónia, a partir de 1.5€ à hora.

No entanto, pode sempre pedir ao seu Hotel / Hostel / Airbnb para que guardem as suas malas, o que geralmente é gratuito. 

 

Passeios e visitas

a group of people standing in front of a crowd

 

Os passeios a pé são uma excelente forma de aprender mais sobre Lisboa em pouco tempo e de encontrar pequenas joias que, de outra forma, poderia perder. Os nossos passeios gastronómicos e culturais, por exemplo, são uma excelente forma de descobrir os tesouros culturais e culinários que se escondem nas ruas e becos de Lisboa. 

Miradouros: se há algo que os lisboetas adoram é um bom miradouro. E há alguns lugares famosos de onde se avista a cidade e o seu rio desde um ponto privilegiado. O Miradouro da Graça, ou o Miradouro de São Pedro de Alcântara são alguns dos mais famosos, mas há outras vistas de valor inestimável, como a do Panorâmico de Monsanto, um antigo restaurante panorâmico abandonado e transformado numa galeria de arte urbana gratuita com uma vista incrível.

 

Visitar

museus

 

Horário de funcionamento dos museus

A maioria dos museus abre das 10h às 18h ou 19h. E geralmente fecham às segundas ou terças-feiras. Verifique se o museu que pretende visitar está aberto antes de sair de casa.  

Existem muitos museus muito interessantes, mas também existem muitos locais que pode explorar gratuitamente, como a lindíssima Casa do Alentejo (onde também pode petiscar produtos tradicionais desta região do Sul de Portugal, a preços razoáveis), os tranquilos jardins do Museu da Cidade – Palácio Pimenta, ou a Cinemateca Portuguesa, situada num encantador edifício do século XIX, com o seu café e livraria e o seu cinema, onde pode ver um filme por 3.20€.

 

Comer fora

a vase of flowers on a table

 

Horário de funcionamento dos restaurantes

Os restaurantes em Lisboa têm horários de atendimento surpreendentemente curtos. Se está a pensar almoçar bem tarde ou jantar bem cedo, pense novamente. Nos restaurantes tradicionais, o almoço é servido entre as 12h e as 15h. O serviço de jantar é geralmente entre as 19h e as 22h30. No entanto, os portugueses geralmente gostam de jantar fora depois das 21h, então, se chegar antes das 20h, provavelmente não terá problemas para encontrar mesa.

Couvert

O couvert é uma coisa muito comum nos restaurantes portugueses que parece confundir e exasperar os estrangeiros. Basicamente, assim que se senta, um empregado de mesa pode trazer-lhe uma cesta de pão, junto com azeitonas, manteiga, queijo, talvez até alguns petiscos mais elaborados. Não são gratuitos. Se comer da cesta, tem de pagar. Se tirar uma azeitona, paga pelo pires de azeitonas. Se quiser ter a certeza de que o couvert não vai fazer uma aparição na sua conta, peça ao empregado para tirar o couvert da mesa. É um procedimento normal, e ele não ficará ofendido. Caso contrário, será cobrado apenas pelos itens que comer, não por todos os petiscos que lhe possam ter sido servidos à mesa.

Se pretende experimentar pratos tradicionais portugueses com um orçamento limitado, procure os menus de almoço ou os pratos do dia em pequenos restaurantes e pastelarias. Geralmente, estes são exibidos à porta do estabelecimento, muito comumente escritos à mão em toalhas de papel ou a giz, e são curtos. Muitos restaurantes do dia-a-dia oferecem também o que chamam de “mini pratos”, uma pequena porção do prato do dia, ideal para os trabalhadores de escritório fazerem as suas refeições diárias antes de regressarem ao trabalho. Escolha sempre os pratos do dia; são mais frescos, mais baratos e são servidos mais rapidamente. 

As pastelarias também são óptimos locais para uma refeição rápida a qualquer hora do dia. Além dos doces em exibição, há muito mais que pode provar, mas geralmente não há menu impresso ou um quadro de parede com itens ou preços que possam ser consultados. Mas geralmente servem sandes, torradas e tostas e até mesmo sopa ao longo do dia. 

Se é um amante de peixe com um bom apetite, pode ter uma ótima refeição à sua espera do outro lado do rio. Setúbal, onde pode chegar com o comboio da Fertagus (também incluído no Lisboa Card), é famoso pelo choco frito e pelo seu rodízio de peixe, onde se senta e lhe servem todo o peixe que conseguir comer, por um preço fixo. (normalmente entre 13-16 €, incluindo acompanhamentos, uma bebida, sobremesa e café. Mais barato durante a semana). Os empregados vão à sua mesa com uma travessa de diferentes peixes grelhados, escolhe o que quiser… e repete até não poder mais. Bombordo ou Restaurante Clube Naval Setubalense são alguns dos mais famosos restaurantes deste género.

 

Dormir

a bedroom with a bed and a painting on the wall

 

Há muitas opções de alojamento em Lisboa, desde o económico ao mais sofisticado. No entanto, alojamento mais central nem sempre é sinónimo de alojamento melhor, pois a zona tende a ser um pouco mais turística e carece de um toque “local”. E, no fim de contas, Lisboa não é assim tão grande. Desde que esteja perto de uma estação de metro, poderá mover-se com muita facilidade dentro da cidade. 

Bairros interessantes

(para além da Baixa e de Alfama)

Graça (pelas vistas) Arroios (pelo ambiente multicultural), Alcântara (perto do rio e conveniente para ir a pé ou de bicicleta até à Baixa), Campo de Ourique e Estrela (encantador e acessível através do Eléctrico 28), Alvalade e Roma (sofisticado, conveniente devido ao Metro, abundância de comércio local e restaurantes e pastelarias tradicionais). 

 

Sair de Lisboa

Pena Palace, Sintra

 

Portugal é geograficamente pequeno, por isso as viagens de um dia a partir de Lisboa podem levá-lo a locais interessantes, sem o deixar exausto. Aqui estão algumas opções: 

– Passeios de um dia a Sintra e Cascais (o comboio está incluído no Lisboa Card).

– Dias de praia em Carcavelos e Guincho (onde pode fazer uma aula de surf por cerca de 25 €) 

– Passeios de um dia para Évora (comboio direto de Lisboa, demora cerca de 1.30h)

– Viagem de um dia para Setúbal (transporte incluído no Lisboa Card) 

 

Desde antes da chegada até à hora de partir, desde as apps, aos petiscos e às vistas fantásticas, esperamos que este pequeno guia o ajude a mergulhar de cabeça na nossa cidade e a desfrutar do melhor que Lisboa tem para oferecer. 

Se se lembrar de mais dicas que deveriam ser incluídas aqui, por favor, não se esqueça de partilhá-las conosco via FacebookInstagram or Twitter and tag us @tasteoflisboa or #tasteoflisboa.  

 

Continue a alimentar a sua curiosidade pela cultura gastronómica portuguesa:

10 formas de se sentir como um lisboeta

10 maneiras de aproveitar Lisboa ao ar livre

5 miradouros espetaculares para ver o pôr do sol

Estilo de vida sustentável em Lisboa

 

Pessoas genuínas, comida autêntica. Venha connosco onde os portugueses e lisboetas vão! 

Reserve o seu lugar na nossa próxima experiência gastronómica & cultural.

Siga-nos para mais em InstagramTwitter e Youtube

 

Skip to toolbar