TASTE OF LISBOA
real people, real food
voltar

BLOG

O que bebem os portugueses: cerveja ou vinho? Ambos!

É certo e sabido que onde há petiscos e boa comida há cerveja ou vinho para acompanhar. Se os ingleses preferem a cerveja, os franceses vinho e os russos vodka, os portugueses são apreciadores de uma boa cerveja, mas também de um bom copo de vinho. Depende dos pratos e da altura do dia.

Cerveja (ou imperial)

Se está em Lisboa e quer beber uma cerveja não basta pedir uma imperial (cerveja servida em copo alto e idealmente gelado). É que a seguir surge inevitavelmente a pergunta: Super Bock ou Sagres? Estas duas marcas de cerveja portuguesas lideram o mercado nacional e são eternas rivais. Patrocinam clubes de futebol, festivais de música e cada uma tem a sua legião de fãs, que defende a todo o custo a marca. Qual a melhor? É o mesmo que perguntar se prefere Coca-Cola ou Pepsi.


Os portugueses gostam de saborear uma boa cerveja durante um convívio com amigos ou para descontrair ao final do dia, juntamente com um prato de tremoços (o marisco dos pobres, como era conhecido). Ultimamente a tendência passa por provar marcas de cerveja artesanais, que podem ser encontradas nas novas cervejarias que têm surgido na cidade, com marcas como a Vadia ou a Sovina. Quer saber onde pode saboreá-las? Tome nota:

Cerveteca Lisboa, na Praça das Flores, 62
Pode optar por provar cervejas artesanais, nacionais ou estrangeiras, em garrafa ou barril. Também servem petiscos, como queijos, patés, conservas tradicionais portuguesas, enchidos ou sandes. Encerra às segundas-feiras


O Purista - Barbière, na Rua Nova da Trindade, 16
Parece uma barbearia tradicional, é uma barbearia tradicional, mas além de poder cortar o cabelo e fazer a barba à antiga também pode provar uma cerveja exclusiva: a belga Affligem, lançada em Portugal pela Sociedade Central de Cervejas para puristas e para quem gosta de preservar tradições.

Nota: Quer aprender a fazer cervejas artesanais em casa, para o seu grupo de amigos? Contacte a Taste of Lisboa e inscreva-se nos próximos workshops de fabrico de cerveja artesanal.

Vinho: branco ou tinto?

Portugal tem a fama de ser um excelente produtor de vinhos, resultado de tradições antigas introduzidas por várias civilizações, como os fenícios, cartagineses, gregos e romanos. O Douro é inclusive a mais antiga região demarcada do mundo e produz, como a região dos vinhos Verdes, alguns dos vinhos mais requintados e exclusivos do mundo.

O país tem várias regiões demarcadas, como a pequena região vinícola em redor da vila de Colares, em Sintra, conhecida pelos vinhos encorpados e de cor densa, de características únicas fruto da vinha ser instalada em chão de areia.
 


Já Carcavelos é a mais pequena região vinícola portuguesa e tem classificação DOC (Denominação de Origem Controlada), com a tradição vinícola a remontar ao tempo do Marquês de Pombal. O destaque vai para o vinho licoroso, com sabor e aroma amendoado.

Se faz parte da tradição acompanhar os pratos de peixe com vinho branco e os pratos de carne com vinho tinto, a gastronomia portuguesa tem também alguns pratos muito apreciados e que são cozinhados com vinho. Eis alguns exemplos:

Ameijoas à Bulhão Pato
Prato típico da culinária Portuguesa confecionado com azeite, alhos, coentros e limão, ao qual se adiciona vinho branco para apurar o sabor. Pode provar a versão mexilhões à bulhão pato no Moules & Gin, na Praça do Martim Moniz, durante a visita da Taste of Lisboa.


Vinha d’alhos
Marinada típica portuguesa que deu origem ao vindalho, um prato da culinária da Índia. Como o nome indica, esta marinada é feita com vinho e alhos, sal e temperos como cominho e colorau, sendo quase obrigatória em pratos de coelho, como o coelho à caçador.


Pera bêbada
Sobremesa confeccionada com vinho tinto, açúcar e canela, que juntamente com o açúcar natural da fruta fazem desta sobremesa uma das mais tradicionais.
 
 


Sabia que: Segundo dados do AlcoolmapPortugal não só tem a fama de ser um país onde se consome muito vinho, como também tem o proveito! As estatísticas indicam que os portugueses consomem 979ml de vinho por semana, bem acima da média da vizinha Espanha que fica nos 323 ml.

TOP