Passar para a navegação primária Passar para o conteúdo Passar para o rodapé
Regressar a BLOG

As padarias estão a desaparecer? Não, estão a reinventar-se!

Making bread

Longe vai o tempo em que o despertador dos portugueses era a carrinha do pão, cujo padeiro apitava religiosamente à mesma hora para vender aos fregueses os papo-secos acabadinhos de sair do forno. Com o tempo a tradição foi-se perdendo, o hábito de comprar pão fresco logo pela manhã não se enraizou nas novas gerações e as padarias foram perdendo clientes e obrigadas a fechar portas.

Mas algo está a mudar. Com o regresso às velhas tradições veio também o gosto de comer pão fresco a qualquer hora do dia e as padarias tiveram de se adaptar aos novos hábitos de consumo dos portugueses, que são apaixonados por pão de todos os tipos, seja pão de mistura, pão de milho, pão de centeio, pão de cereais e até pão de alfarroba.

A Padaria Portuguesa viu na paixão dos portugueses pelo pão uma oportunidade e passou a oferecer vários tipos de pão de qualidade, com fornadas a sair a várias horas por dia. Além do pão tradicional tem à disposição dos clientes o pão de deus (pão com uma camada doce de coco), bolos, refeições rápidas e sumos naturais. Estava ditada uma nova tendência.

Um pouco por toda a cidade começaram a ressuscitar padarias antigas ou a nascer padarias modernas, com alternativas para todos os gostos. Tome nota:

Padarias tradicionais

Campo de Ourique reúne no mesmo bairro algumas das padarias tradicionais da cidade, ou não fosse este um bairro com tradição em padarias. Ainda podem ser avistadas várias chaminés de tijolo, prova de um passado ligado à confeção do pão.

Panificação Mecânica – Além do pão e dos bolos serem deliciosos, o que salta à vista é a decoração desta padaria do início do século XX. Além da decoração estilo ‘art nova’, encontra ferro forjado e azulejos da fábrica Bordalo Pinheiro, bem como enormes lustres no tecto. Uma atmosfera no mínimo particular.
Onde: Rua Silva Carvalho, 209
Panificação Mecânica in Lisbon

Beira Tejo – Padaria que se destaca por ter vários tipos de pão, como pão branco, de mistura, integral ou com sementes.
Onde: Rua da Escola Politécnica, 41
Beira Tejo Bakery in Lisbon

Padaria do Povo – De fachada amarela que salta à vista, esta padaria resiste desde 1904, altura em que foi fundada para fabricar pão mais barato às freguesias de Santa Isabel e Campolide. No interior da casa pode encontrar o relógio e o cofre oferecidos pelo Rei D. Carlos. Um espaço único onde se joga às cartas, matraquilhos, dardos ou se convive no terraço ao final da tarde.
Onde: Rua Luís Derouet, 20
Padaria do Povo Bakery Lisbon

Padarias modernas

Fábrica Lisboa – É a mais recente padaria da cidade. Aposta nos croissants franceses, de massa leve e estaladiça, que são servidos com fiambre, queijo, recheio de amêndoa ou vários tipos de doces. A decoração é outro dos pontos fortes, com uma série de objetos vintage que fazem as delícias dos mais saudosistas.
Onde: Rua da Madalena, 121
Fábrica Lisboa Bakery

Quinoa – Padaria biológica que aposta em produtos mais modernos, com destaque para os bagels de salmão e queijo-creme, quiches e sumos naturais ou o Kusmi Tea. A nível de pão inova ao ter algumas opções diferenciadoras, como o pão de alfarroba ou o pão de sésamo.
Onde: Rua do Alecrim, 54
Quinoa – Biologic bakery in Lisbon

Miolo – Padaria biológica artesanal onde pode encontrar pão biológico fermentado naturalmente, sem trigo comum/sem glúten. Também encontra pão de batata-doce e milho.
Onde: Rua José Florindo, 509 (Cascais)
Miolo - Handmade biological Bakery Lisbon

Skip to toolbar