TASTE OF LISBOA
real people, real food

BLOG

Quando esta época maravilhosa do ano chega, em Portugal pensamos em feriados e em alguns dias longe do trabalho. Gostamos de passar tempo de qualidade com as pessoas que nos são queridas, mostrarmos o nosso carinho com troca de presentes e, em geral, fazermos balanços e alimentarmos o sentimento profundo de gratidão pelas coisas boas da vida, que nem sempre estão presentes nos dias de azáfama no resto do ano. Faça parte de uma família tradicional que vai à Missa do Galo, ou de um grupo mais contemporâneo de pessoas em que a família e os amigos se misturam nesta data especial, pode ter certeza de que a comida será uma constante em qualquer festa, ainda mais então no Natal, um dos feriados mais ansiados e celebrados em todo o país...

Quando a Era dos Descobrimentos começou há 500 anos atrás, o fenómeno que hoje conhecemos como globalização começava a ganhar vida. Portugal foi um dos países pioneiros desta troca cultural pelos quatro cantos do mundo.

Os portugueses, que primeiro exploraram o Norte de África, viajaram para as Américas e continuaram para a Ásia. Foram responsáveis por imensos intercâmbios culturais e com esta mistura de tradições e estilos de vida o modo como o mundo come hoje mudou para sempre...

De um modo geral, os portugueses tendem a ter uma mentalidade clássica quando se trata de comida. Seguindo o velho ditado “se algo não está partido, por que consertá-lo?”, durante anos apegamo-nos a receitas que foram passadas de geração em geração nas nossas famílias. Adotamos os sabores tradicionais e as técnicas de culinária quase tão sagradas como fórmulas mágicas que não devem ser alteradas.

Na última década, no entanto, o cenário da culinária portuguesa tem vindo a mudar...

TOP