TASTE OF LISBOA
real people, real food
voltar

BLOG

Os 5 mercados mais cool de Lisboa

Os mercados tradicionais lisboetas têm-se renovado de mão dada com a cidade e os estilos de vida, dando lugar a espaços cosmopolitas onde as clássicas bancas de peixe, carne, fruta e legumes frescos aliam-se a chefs e cozinhas de renome para proporcionar, no mesmo espaço, todo o processo gastronómico: desde a escolha dos produtos do dia junto dos comerciantes locais, à confeção de saborosos pratos na hora, que depois podem ser degustados em mesas comunitárias dentro ou agradáveis esplanadas fora. Com imensas bancas para experimentar, e ainda com a opção de levar alimentos frescos e sazonais para casa, os mercados mais cool de Lisboa são o sonho de qualquer foodie!

1.      Mercado de Campo de Ourique

Fundado em 1934, o Mercado de Campo de Ourique foi o primeiro mercado de Lisboa a incorporar uma praça de restauração. O que faz todo o sentido quando consideramos que este é o bairro mais gastronómico da cidade. A criar tendências culinárias desde sempre, este bairro familiar e intimista têm vindo desde sempre a ser alimentado por foodies e chefs pioneiros que não só quiseram renovar o saber fazer bem na cozinha portuguesa e do mundo, como também o saber comer bem. Remodelado e revalorizado com a praça de restauração desde 2013, cujas bancas convivem acolhedoramente com o tradicional mercado bairrista. Opções deliciosas para almoçar, beber um copo, jantar ou fazer as compras semanais junto dos comerciantes locais que conhecem os clientes pelo nome, e escolhem os produtos mais frescos para os bem servir. Entrar aqui é sentir-se em casa. Pelo menos é assim que nos sentimos cada vez que paramos aqui no nosso Passeio Mercado, Gastronomia e Cultura de Lisboa!
 
Morada: Rua Coelho da Rocha, 104
Horário: Segunda a Quinta-feira e Domingo: 10:00 – 23:00 | Sexta e Sábado: 10:00 – 01:00


2.      Mercado da Ribeira – Time Out Market


Um dos mais frequentados mercados de Lisboa, o Mercado da Ribeira, abriu portas em 1882 pela primeira vez e, em 2014, renasceu para a cidade com a Time Out que quis proporcionar aos apaixonados pelas melhores experiências gastronómicas as recomendações da revista, ao vivo e a cores. O resultado é um espaço com um vibe super moderno, onde os 34 espaços culinários oferecem uma enorme variedade de sabores – peixe, marisco, sushi, carne, massas, vegetariano, cozinha de autor, sobremesas e bebidas – e onde todos partilham da mesma missão: promover os produtos portugueses e utilizar os frescos do próprio mercado para o fazer. No fim da refeição, aproveite para dar uma volta pelas lojas do mercado onde encontrará apenas artigos feitos in Portugal, assistir a um dos muitos eventos e espetáculos em agenda, ou inscreva-se numa aula de cozinha e ponha as mãos na massa!

Morada: Av. 24 de Julho, 481
Horário: Domingo a quarta-feira: 10:00 – 00:00 | Quinta-feira a Sábado: 10:00 – 02:00


3.      Mercado de Algés


Já que vai a Belém, vá ao Mercado de Algés. Este mercado abriu em 1950 e foi alvo de uma profunda renovação reabrindo em 2015 para acomodar, juntamente com as típicas bancas de comércio tradicional, um apetitoso espaço de gastronomia gourmet aliado a um conceito de animação cultural que traz vida e dinamismo aos momentos de refeição e de convívio. No prato, na tábua ou na mão, aqui tudo é fresco, apetecível e feito com amor… ao verdadeiro estilo português. Moderno, acolhedor e surpreendente, este é um delicioso ponto de encontro na cidade para os amigos e a família, onde é impossível não comer, beber e amar.
 
Morada: Rua Luís de Camões, 14
Horário: Domingo a quinta-feira: 10:00 – 00:00 | Sexta e Sábado: 10:00 – 01:00


4.      Mercado de Arroios

O Mercado de Arroios foi requalificado em 2017 e veio juntar, num só espaço, as tradicionais bancas de fruta, legumes, pão, carne e peixe, com uma oferta gastronómica diversificada, especialmente para quem procura bons petiscos num ambiente descontraído que convida a entrar e a ficar: desde o Mezze, o restaurante que resulta do bonito e saboroso projecto de integração de refugiados sírios, até à Terra Pão que, além de padaria de pão artesanal serve deliciosos almoços como a sandes de tutano ou o mil folhas de bacalhau com broa. 
 
Morada: Rua Ângela Pinto, 40 D
Horário: Segunda-feira a Sábado: 06:00 – 02:00


5.      Mercado 31 de Janeiro

O Mercado 31 de Janeiro está no coração do Saldanha e no daqueles que aqui procuram o melhor dos produtos frescos portugueses, vindos da terra ou do mar. O destaque vai para a frescura e enorme variedade de fruta e legumes sazonais, o café acabado de moer, as mil e uma especiarias, os queijos e a charcutaria, e a enorme quantidade e qualidade de peixe e do marisco, dos mais fresco da cidade, para se cozinhar em casa ou para comer logo ali no mercado, enquanto se dão dois dedos de conversa com os habitués, no restaurante Cantina ou no intimista Aron Sushi. 

Morada: Rua Eng.º Vieira da Silva
Horário: Segunda-feira a Sábado: 07:00 – 14:00

TOP