TASTE OF LISBOA
real people, real food

BLOG

Em Lisboa, o mês de Junho é sinónimo de festa e Santos Populares. Em cada canto, em cada esquina há uma festa de bairro ou um arraial onde a rainha é sempre a mesma: a sardinha! Este pequeno peixe é grelhado na brasa e servido simplesmente com um fio de azeite numa fatia de pão. Keep it simple and enjoy it!

Neste mês em que a cidade festeja Santo António, o seu santo padroeiro, a cidade é invadida por uma névoa característica e por um cheiro a sardinhas inconfundível: cheira bem, cheira a Lisboa já dizia a canção!

Deixe-se contagiar pela alegria dos arraiais nos bairros típicos de Lisboa e não se fique por uma sardinha: prove meia dúzia! O auge das Festas de Santo António está marcado para a noite de 12 para 13 de junho, com as Marchas Populares, que representam os diversos bairros lisboetas que nesta noite desfilam pela Avenida da Liberdade...

Vive há 35 anos na Mouraria, conhece o bairro como ninguém e dedica-se a ajudar quem mais precisa. Entre as visitas guiadas a turistas e moradores, quisemos ouvir a história de alguém que fala muito, mas que também aprendeu a ouvir.

Como surge a ligação à Mouraria?
O meu pai nasceu no bairro e quando casou foi viver para o Alto de S. João, com outro tipo de condições...

Camilla Watson chegou à Mouraria em 2007 e tornou-se conhecida com uma técnica fotográfica pouco comum: imprimir retratos dos moradores mais idosos do bairro nas paredes dos prédios. Fã da comida tradicional portuguesa diz adorar sardinhas, favas com chouriço e caracóis com cerveja ao final do dia! A acompanhá-la está o não menos popular D. Quixote, o fiel companheiro.
 
Como chegou à Mouraria?
Tudo começou no início de 2007...

TOP